Cirurgia Minimamente Invasiva do Ombro: Avanços e Benefícios

cirurgia-ombro-dr-thiago-caixeta-ortopedista-goiania

A cirurgia minimamente invasiva do ombro, também conhecida como artroscopia do ombro, é uma técnica revolucionária na área da ortopedia. Essa abordagem cirúrgica vem ganhando cada vez mais destaque devido às suas vantagens significativas em comparação com as técnicas tradicionais.

Indicações para Cirurgia Minimamente Invasiva do Ombro

A cirurgia minimamente invasiva do ombro é recomendada para uma variedade de condições ortopédicas que afetam a articulação do ombro. As indicações mais comuns incluem:

Lesões do Manguito Rotador: Esta técnica é frequentemente usada para reparar as lesões do manguito rotador, que podem resultar de lesões esportivas, degeneração relacionada à idade ou desgaste crônico.

Instabilidade do Ombro: Pacientes com histórico de luxação recorrente do ombro podem se beneficiar da artroscopia para estabilizar a articulação.

Lesões do Labrum Glenoidal: Lesões no labrum, uma estrutura em forma de anel que envolve a cavidade glenoide do ombro, podem ser tratadas com a técnica minimamente invasiva.

Bursite e Tendinite: A inflamação da bursa e dos tendões no ombro pode ser aliviada por meio da artroscopia.

Artrose do Ombro: Em casos selecionados, a cirurgia minimamente invasiva pode ser uma opção para pacientes com artrose grave do ombro.

Vantagens da Cirurgia Minimamente Invasiva

A escolha pela cirurgia minimamente invasiva do ombro oferece diversas vantagens em relação às técnicas cirúrgicas tradicionais, como:

Menor Trauma: A artroscopia envolve pequenas incisões, resultando em menos trauma nos tecidos circundantes. Isso resulta em menos dor, tempo de recuperação mais rápido e menor risco de infecção.

Recuperação Mais Rápida: Os pacientes submetidos a essa técnica geralmente podem retomar suas atividades normais mais rapidamente do que aqueles que passam pela cirurgia tradicional.

Melhor Visualização: Os cirurgiões têm uma visão clara e detalhada da articulação do ombro por meio de uma câmera inserida na incisão. Isso permite um tratamento mais preciso.

Menos Cicatrizes: As pequenas incisões resultam em cicatrizes menores e menos visíveis.

Procedimento da Cirurgia Minimamente Invasiva do Ombro

O procedimento começa com a inserção de uma câmera minúscula, chamada de artroscópio, através de uma pequena incisão. Isso permite ao cirurgião visualizar o interior da articulação do ombro em um monitor. Outras pequenas incisões são feitas para a inserção de instrumentos cirúrgicos.

Com o auxílio das imagens em tempo real, o cirurgião realiza as correções necessárias, como reparos de tendões ou labrum, remoção de tecido inflamado e estabilização da articulação. Após a conclusão da cirurgia, as incisões são fechadas com pontos ou fita adesiva.

A Importância de Consultar um Especialista em Ombro e Cotovelo

É fundamental entender que a cirurgia minimamente invasiva do ombro não é adequada para todos os casos. A avaliação de um médico ortopedista especializado em cirurgia do ombro e cotovelo é crucial para determinar a técnica cirúrgica mais apropriada com base na condição do paciente.

Além disso, a expertise de um cirurgião experiente é fundamental para o sucesso da cirurgia. A escolha do médico certo pode fazer toda a diferença no resultado final.

Por:

  • coe-goiania-revista-mais-saude
Gostou? Compartilhe!
Você vai gostar também