Fratura da Coluna: Tipos, Tratamentos e Reabilitação

fratura-coluna-dr-daniel-labres-ortopedista-goiania

A coluna vertebral é uma estrutura crucial do corpo humano, responsável por fornecer suporte, estabilidade e permitir a mobilidade. No entanto, quando ocorre uma fratura na coluna, seja por trauma ou associada à osteoporose, é essencial buscar tratamento adequado para evitar complicações graves.

Tipos de Fraturas da Coluna

As fraturas da coluna podem variar em gravidade, dependendo da localização e do impacto do trauma. Existem três categorias principais de fraturas da coluna:

Fraturas por Trauma de Alta Energia: Geralmente resultam de acidentes automobilísticos, quedas de altura significativa ou lesões esportivas. Essas fraturas podem ser altamente graves e frequentemente envolvem múltiplas vértebras e lesões na medula espinhal.

Fraturas por Trauma de Baixa Energia: São causadas por lesões menos intensas, como quedas comuns, especialmente em idosos com osteoporose. Essas fraturas tendem a ser mais estáveis, afetando uma única vértebra.

Fraturas por Osteoporose: Pessoas com osteoporose têm ossos enfraquecidos, o que torna suas vértebras mais suscetíveis a fraturas por trauma mínimo ou mesmo espontâneas. Essas fraturas são frequentemente chamadas de fraturas de compressão vertebral.

Tratamento das Fraturas da Coluna

O tratamento das fraturas da coluna varia de acordo com a gravidade e o tipo de fratura. Opções de tratamento incluem:

Tratamento Conservador: Fraturas estáveis ​​de baixa energia ou fraturas por osteoporose podem muitas vezes ser tratadas com métodos conservadores. Isso envolve o uso de coletes ou órteses para imobilizar a coluna, medicação para alívio da dor e fisioterapia.

Cirurgia: Fraturas graves ou instáveis muitas vezes exigem intervenção cirúrgica. A cirurgia é realizada para estabilizar a coluna, alinhar as vértebras afetadas e aliviar a pressão sobre a medula espinhal. Existem várias técnicas cirúrgicas disponíveis, incluindo fusão espinhal, fixação interna e instrumentação.

Cirurgia da Coluna: Como é Realizada?

A cirurgia da coluna é uma intervenção delicada que requer habilidades especializadas.

Inicialmente o cirurgião irá realizar uma incisão na parte posterior ou lateral do corpo, dependendo da localização da fratura, para que possa ter acesso a coluna vertebral, e assim, realinhar as vértebras fraturadas, restaurando a altura e o alinhamento normais.

Para manter as vértebras no lugar, o cirurgião pode usar parafusos, hastes ou outros dispositivos de fixação, e em alguns casos, um enxerto ósseo pode ser usado para promover a fusão das vértebras.

Pós-operatório e Reabilitação

No pós-operatório, a recuperação hospitalar é necessária para monitorar a recuperação imediata e evitar complicações.

Após a alta hospitalar, a fisioterapia desempenha um papel fundamental na recuperação. Ela ajuda a restaurar a mobilidade, a força muscular e a prevenir a rigidez. E os pacientes devem seguir as orientações do cirurgião e realizar consultas de acompanhamento para avaliar o progresso e fazer ajustes no tratamento, se necessário.

Procurando Ajuda Especializada

Não hesite em buscar ajuda médica imediatamente se suspeitar de uma fratura da coluna, pois um diagnóstico e tratamento precoces podem fazer toda a diferença na recuperação e na qualidade de vida a longo prazo.

Lembre-se de que a prevenção é sempre a melhor abordagem, especialmente para aqueles em risco de fraturas por osteoporose, através do tratamento desta condição e de medidas preventivas específicas.

Por:

  • coe-goiania-revista-mais-saude
Gostou? Compartilhe!
Você vai gostar também