Alongamento Ósseo

alongamento-osseo

A Ortopedia surgiu como uma especialidade médica para tratar deformidades em crianças. No decorrer da história, a especialidade foi se desenvolvendo e a necessidade fez surgir varias subespecialidades.

A reconstrução e o alongamento ósseo é uma tendência recente que têm como objetivo a correção de deformidades em crianças e adultos, tratamento de falhas ósseas, infecções ósseas (osteomielites), dentre outras indicações, inclusive estéticas como o alongamento estético de membros para baixa estatura.

As cirurgias para alongamento ósseo apresentam grande evolução após os estudos de Gavrill A. Ilizazov que, em 1951, na cidade de Kurgan, Sibéria/Rússia, desenvolveu uma metodologia com o uso de fixador externo circular, baseada na estabilidade, no ritmo e na periodicidade do alongamento. Ilizarov descobriu, através de experimentos, que um osso vivo ao ser seccionado, produzindo uma fratura e submetido a uma distração constante de velocidade entre 0,75 e 1 mm forma um osso novo. Logo, com os experimentos, tornou-se possível fazer o alongamento de qualquer osso. Desde o primeiro alongamento ósseo realizado, as complicações tornam-se mais raras, devido ao aumento do conhecimento, da melhora das técnicas de alongamento ósseo e dos materiais utilizados.

Como é o Tratamento

Atualmente o tratamento é seguro, possui poucas contraindicações, baixa incidência de intercorrências e permite reabilitação precoce com equipe de fisioterapia especializada, mas ainda sofre com o preconceito de ser apresentado como tratamento agressivo, o que não é verdade! As técnicas de Alongamento ósseo mais utilizadas atualmente são baseadas no uso de dispositivos de fixação externa circulares e lineares, utilizando-se materiais como aço cirúrgico, fibra de carbono e alumínio de aviação.

Os materiais mais modernos oferecem ao paciente mais conforto, estabilidade, menor peso e segurança, permanecendo em evolução por todo o mundo. O alongamento ósseo também é um tratamento muito usado para fatores estéticos, prática muito comum em algumas partes do mundo como a China.

Tempo de Tratamento

O tempo de tratamento varia conforme o caso, o alongamento máximo é de um milímetro por dia e para se consolidar o tratamento, levasse o triplo ou o quadruplo do tempo que se alongou, sendo que pelo menos 3 meses são necessários para que o paciente permaneça com o fixador mesmo nas técnicas mais modernas.

 

Por: Dr. Alano Ribeiro de Q. Filho
Ortopedia e Traumatologia
CRM/GO: 11499 | SBOT: 11779 | RQE: 7181
  • coe-ortopedia-especializada
Rolar para cima