ARRITMIAS CARDÍACAS:

arritimia-cardiaca-dr-vinicius-marques-rodrigues

O que são Arritmias Cardíacas, quais os Sintomas, Diagnóstico e Tratamento.

A Arritmia Cardíaca é uma anormalidade no funcionamento elétrico do coração, que pode ser caracterizado como um batimento lento, rápido ou irregular, e de forma bem simples conseguimos palpar o pulso, onde, através dele conseguimos perceber que algo não está normal com os batimentos do coração.

Os sintomas mais comuns das arritmias cardíacas são:

  • Palpitações (chamado de batedeiras);
  • Dor no peito;
  • Falta de ar;
  • Tonturas;
  • E em alguns casos extremos podemos ter um desmaio em decorrências de um batimento muito rápido ou muito lento do coração.

A grande maioria das arritmias são benignas, ou seja, não levam risco de morte, porém, na parcela menor de pessoas que possuem uma arritmia cardíaca mais delicada, precisa de atenção especial, pois existem arritmias que podem levar a morte súbita cardíaca.

Por isso a atenção aos sintomas é importante, para que procure um médico especialista em cardiologia e arritmias cardíacas, pois em uma consulta especializada e com a devida indicação e avaliação de exames diagnósticos, será possível evidenciar as características da arritmia e se a mesma apresenta outras anormalidades no coração, onde podemos concluir o melhor diagnóstico, tratamento e acompanhamento.

Exames Realizados e Tratamento de Arritmias

Os exames podem ser inicialmente realizados através de um simples eletrocardiograma até a realização de exame micro invasivo, que envolve a introdução de cateteres, chamado de Estudo Eletrofisiológico.

De modo geral, para o tratamento podemos indicar o uso de medicamentos de forma continua e ou indicação de ablação cardíaca, que através de cateteres conseguimos cauterizar os nervos na parte interior do coração que estão causando tais anormalidades.

Em resumo, é de extrema importância estar atento aos sintomas e procurar um médico especialista para realizar seu check-up, de modo a manter um acompanhamento adequado para certificar de que está tudo bem com o seu coração.

Por:

  • dr-rildo-lasmar-goiania
Gostou? Compartilhe!
Você vai gostar também